Show Menu

A armadilha do perfeccionismo – por Priscila Roma

A armadilha do perfeccionismo Nos últimos dias, diversos episódios me fizeram refletir sobre o perfeccionismos e suas diversas vertentes. Uma das mais curiosas é que muitas vezes quando uma pessoa é perguntada sobre um defeito seu – numa entrevista de emprego, por amigos, num processo de autoconhecimento – mais do que prontamente a pessoa responde: “eu sou perfeccionista” e abre um sorriso. Naquele contexto, tudo a que a pessoa se referia era qualquer coisa, menos um defeito. Na verdade, a linguagem corporal, o tom de voz, a situação, tudo leva a crer que se trata de uma falsa modéstia. No fundo, a pessoa acredita que ser perfeccionista é uma qualidade,…

Read more

Sobre Auto Responsabilidade

A cada dia mais, principalmente na formação que estou fazendo de coaching, mas também no perpassar do cotidiano, aprendo sobre a importância de me auto responsabilizar por tudo o que acontece na minha vida. A primeira vez que refleti sobre essa questão foi há pouco mais de dois anos quando iniciei uma longa viagem para dentro de mim. Na época, inclusive, publiquei o meu primeiro texto aqui, chamado “Somente você pode viver a sua vida” aonde eu falava, justamente, sobre essa auto responsabilidade. Confesso que mesmo dois anos depois, mesmo depois de muita terapia, análise, reflexões, amadurecimento e o ingresso na faculdade de Psicologia, continuo como aprendiz nesse processo de…

Read more

Casa Tpm 2014 – sobre mulher, corpo e trabalho – primeiro dia.

Como mencionei nas redes sociais no penúltimo final de semana, participei da terceira edição da Casa TPM, que em resumo, é um evento promovido pela revista TPM que visa trazer à discussão questões atuais referentes ao universo feminino. Como sempre fico de escrever um texto e nunca o faço, decidi sentar e escrever o que dava, antes que a ideia e o tempo passassem e eu não o fizesse. Não vou fazer um resumo de tudo o que aconteceu, mas quero só frisar os pontos que me chamaram mais atenção durante as discussões. Primeiro dia: Quem abriu a Casa, pelo terceiro ano consecutivo, foi o Fernando Luna, que é o…

Read more

O que você quer ser quando crescer?

Nesse final de semana, comemora-se o Dia das Crianças e acredito que não por coincidência, nele também termino a minha formação em coaching. O que uma coisa tem a ver com a outra? TUDO! Quando converso com as pessoas que se dizem perdidas com relação aos seus propósitos profissionais, a primeira pergunta que costumo fazer, até para descontrair, é “O que você queria ser quando crescesse?“. Pode parecer que esse questionamento não tem muita relevância, mas ele tem sim, porque pode dizer muito sobre você e sobre os desejos que você abandonou ou camuflou ao longo do caminho. Quando éramos crianças, ainda não importava saber que palhaço não ganhava bem ou que…

Read more

Sobre a segunda gravidez

Como mencionei nas redes sociais, a partir desse mês, começarei a escrever no blog “Agora sou Mãe” da Bia Mendes. A princípio, será um texto todo começo de mês. hoje, vim compartilhar o primeiro… Sobre a segunda gravidez Quando engravidei pela primeira vez, vivia uma realidade completamente diferente da que vivo hoje. Namorava há apenas cinco meses, estava recém-formada, ainda morava com os meus pais, apesar de naquele momento estar morando em São Paulo e, de um modo geral, era bastante imatura. E nesse ambiente super instável, eu tive um bebê. Hoje, entendo que vivi aquele momento da melhor maneira que consegui e que dei conta. E não é que…

Read more

Ouve o barulho do rio, meu filho

Gosto muito de uma música da Marisa Monte e agora ando cantarolando ela quase todo dia… O rio Ouve o barulho do rio, meu filho Deixa esse som te embalar As folhas que caem no rio, meu filho Terminam nas águas do mar Quando amanhã por acaso faltar Uma alegria no seu coração Lembra do som dessas águas de lá Faz desse rio a sua oração Lembra, meu filho, passou, passará Essa certeza, a ciência nos dá Que vai chover quando o sol se cansar Para que flores não faltem Para que flores não faltem jamais Beijos com embalo, Juliana Baron

Read more

Amor é incompreensão – por Diana Corso

Começo essa semana compartilhando um texto/reflexão lindo sobre relacionamentos. A cada mês, me apego a uma das colunas da revista Vida Simples. Geralmente, é a do Eugenio Mussak, mas nesse mês (outubro 2014), fiquei encantada com o texto da psicanalista Diana Corso sobre casamento. Engraçado é que quando fui procurar se o texto já estava digitalizado para poder compartilhar com vocês, descobri que ele já havia sido publicado por ela em 2013 (leia AQUI) com o mesmo título mas um subtítulo diferente. Não sei se foi coincidência, mas achei estranho que ao final do texto em 2013 escreveram que ela escreve há dois anos para a revista, assim como também…

Read more

Reflexão funcional – Sobre metamorfoses

Andei sumida da minha proposta de compartilhar reflexões funcionais, mas hoje, num sábado, resolvi aparecer por aqui. Esbarrei em uma frase na semana passada que me fez refletir bastante porque tem total relação com o momento de introspecção que passei recentemente (sim, estou saindo dele) e sobre o qual escrevi no texto “Entre os momentos de introspecção e de comunicação“. Ela é do Rubem Alves e diz assim… “Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses”. Como mesmo mencionei no texto citado acima, também acredito demais nessa ligação entre os momentos de recolhimento e os momentos de batermos as asas e voarmos livres e seguros.…

Read more

É um menino!

Ontem descobrimos que carrego mais um menino dentro de mim. Passada a surpresa, já que todos os indicativos eram de que vinha uma menina por aí, estou curtindo demais a ideia de criar e receber o amor de mais um meninão. Brinco que quando é para ser…simplesmente, é. Todas as simpatias e testes que eu fiz, davam que era uma “menina”. Todas as pessoas intuiam que seria uma menina e veja o que aconteceu. Acho engraçado como achamos que controlamos as condições da vida. Como ainda não nos acostumamos com o fato de que o que é natural, acontece como tem que acontecer e não como queremos que aconteça. Ainda essa semana tive…

Read more

O inferno são os outros

Como o que eu entendo como defeito dos outros, pode dizer muito sobre mim mesma. Como mencionei no meu último texto por aqui, estou passando por uma fase de adaptações na minha vida, nos meus objetivos e nas minhas escolhas, mas isso não se deu apenas por conta da nova gravidez, mas também porque estou tendo acesso a novos caminhos através de novas fontes, como a Psicanálise, por exemplo. Há dois meses comecei a fazer análise e nesse semestre, começamos a estudar essa disciplina na faculdade. Confesso que não vem sendo um exercício fácil lidar com a teoria de Freud (e um pouco de Lacan), porque por mais que eu…

Read more

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 336 outros seguidores