Mostrar Menu

Todo o amor do mundo – por Priscila Roma

Todo o amor do mundo All the love. All the love in the world. Vez ou outra, essa parte da música All the love in the world  (The Outfield) fica ecoando. O que é o amor? Para que amor? Que diferença faz o amor? Na verdade, o amor não tem uma razão de ser. Ele simplesmente é. E só entende quem sente. Só entende de amor a mãe que ama o filho. O pai quando ouve o primeiro choro – ou os muitos deles ao longo dos tropeços da vida. A adolescente que levou um fora do namorado e jurou que nunca se apaixonaria de novo. Os avós que esperaram…

Leia mais

Ah, o amor!

Nesse final de semana fui a um casamento na mesma igreja aonde me casei há um ano e meio. Como foi nostálgico andar pelos corredores (ela tem uma formatação diferente das outras), de uma forma mais calma, menos ansiosa, mais presente, com bem menos volume de roupa. Mas ao mesmo tempo, como eu questionei várias das escolhas que fiz naquela época. Como por exemplo, justamente, a escolha de casar na igreja. Há anos que não sou católica praticante, discordo de vários princípios, dogmas e afins e hoje vejo que foi quase uma hipocrisia eu ter feito essa opção. Na verdade, a princípio a ideia era casar em uma cerimônia fora…

Leia mais

Sobre tietagens e ânimo!

Estou há alguns dias sem postar algo novo por aqui. Como já comentei, cheguei de viagem bem na época das provas e precisei focar toda a minha atenção e o meu tempo livro aos estudos. Nessa semana acho que vou conseguir respirar um pouco, porém, na semana que vem já viajo de novo, ou seja… Também confesso que ando pouco inspirada. Parece que não encontro um assunto digno de ser desenvolvido e compartilhado. Engraçado. Acho que a minha viagem deu uma quebrada na rotina que eu vinha vivendo de estudar e escrever religiosamente todas às tardes. Enfim, espero que seja só um momento e que logo me volte a inspiração. Enquanto…

Leia mais

Quando todos dizem NÃO – por Paula Quintão

Quando todos dizem NÃO …ainda assim você pode dizer SIM! Na última semana estive por 5 dias percorrendo trilhas, subindo montes e descendo pirambeiras pela Chapada Diamantina na Bahia. Por essas trilhas, vez ou outra, nos deparamos com um banho gelado. Seja uma cachoeira, seja um poço de água, seja um riacho. Detesto banho de água gelada. Por mais quente que esteja aqui em Manaus, a cidade que escolhi viver, ainda assim tomo banho morno ou quente. Mas lá na trilha eu colocava bem rápido a minha roupa de banho e entrava logo na água. E assim, num estalar de dedos, a água gelada que me matava de arrepios logo…

Leia mais

Sobre desejos e plantações.

Infelizmente, essa ainda não é uma reflexão elaborada, mas acho que a mensagem é bonita e válida. Há quase dois anos, pouco antes de eu começar a minha terapia em grupo, comprei esse caderno, que é meio um fichário, para anotar as minhas observações feita na terapia e outras ideias que surgissem durante a semana. Para quem não sabe, sou meio viciada em caderninhos (devo ter uns cem) coloridos e não preciso de muitos motivos para adquiri-los. Então, imaginem quando me deparei com essa linha de fichários, de uma marca que eu nem sei o nome. Quase pirei, mas consegui comprar só um, que é esse da foto abaixo. E para melhorar, quando…

Leia mais

Voltei!

Pois então, fui viajar por alguns dias e, literalmente, tirei férias da escrita. Não li absolutamente nada, além de mapas, e nem entrei no blog, por falta de tempo. Mas cá estou eu, correndo atrás do prejuízo dos dias que faltei aula e colocando a minha agenda em dia. Algumas fotinhos do meu passeio… Pensando sobre o que escrever, já que eu não teria tempo de escrever muita coisa, lembrei desse trecho do Amir Klink, que eu gosto bastante e que versa sobre essa coisa do viajar… “Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés,…

Leia mais

“É feminista, mas usa salto alto e faz depilação” – por Marília Moschkovich

Sei que essa categoria de texto nunca dá muito ibope aqui no blog, mas como esse é um espaço, acima de tudo, aonde eu compartilho os meus mais profundos questionamentos, me dou ao luxo de compartilhar esse, que talvez seja o mais complexo e recorrente. Já escrevi algumas vezes sobre o meu feminismo, sobre a dúvida que eu tenho sobre o assunto, sobre como eu já mandei até um email para a Márcia Tiburi para pedir uma luz sobre o tema, porque, vira e mexe, fico confusa mesmo sobre esse movimento e sobre a minha posição em relação à ele. Hoje, na verdade, eu nem vim divagar muito (depois de…

Leia mais

1+1, ÀS VEZES, NÃO É 2.

As dinâmicas familiares e as que acontecem nas relações conjugais, sempre me interessaram muito. E assistindo a um dos capítulos da primeira temporada da série “Sessão de Terapia”, aonde o próprio terapeuta desabafava sobre a sua crise conjugal com a sua supervisora, entendi, através da explicação dela, um dos motivos que gera a dificuldade de comunicação dentro de um casamento: as questões individuais de cada um, quando trazidas para a relação a dois. Não, eu não sou especialista no assunto. Escrevo aqui o meu ponto de vista baseado, apenas, no que eu aprendi e na minha própria experiência. Aliás, é por ela que vou começar. Tenho pra mim que cada pessoa carrega…

Leia mais

Tempo em movimento.

Escutei essa música esses dias e me apaixonei pela letra. Ainda mais com Luiza Possi e Lulu cantando juntos… Enquanto eu não volto, deliciem-se com esse som e aproveitem para refletir sobre essa mensagem! Tempo em movimento Somos Tantos numa só pessoa Somos o que fomos antes E o que não seremos mais Também Nós já não somos Como um dia nós sonhamos Somos o que a vida fez de nós Que fizemos de nós mesmos Viver é escolher Entre o instinto e a razão Entre a cabeça e o coração Os caminhos da alegria e da dor E do bem-querer Da solidão E nada é por acaso Tempo É…

Leia mais

O dia em que eu renasci.

Hoje é aniversário do meu filho, do presente que a vida me deu. Agendei esse texto para às 08:36, que foi o exato momento em que eu pari o meu coração. Como eu disse na entrevista que dei na semana passada, o meu filho significa para mim, MUITA VIDA, porque foi isso que ele me trouxe. Muitos movimentos, muitas reflexões, muitos questionamentos, muita força e muita coragem. Talvez se não fosse por ele, eu nem estaria aqui, feliz da vida, fazendo algo que eu amo. Talvez eu estivesse sentada num escritório, calculando imposto, com sobrepeso, olheiras e uma alma quase morta. Talvez… Então, já que eu estou viajando, venho compartilhar,…

Leia mais

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 186 outros seguidores